terça-feira, 14 de junho de 2011

"Não me prendo a nada que me defina, Sou companhia, mas posso ser solidão, tranquilidade e inconstância, pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a... pena e desapego pelo que não quer valer... Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca, ou não toca"..!!! ~Clarice Lispector

via Amor e Poesias

Um comentário:

  1. Olá Neyde,
    passei para te deixar meu abraço e para dizer que seu blog está cada vez mais bonito. Citar Clarice Lispector é sempre uma boa idéia. Desculpe por não poder ter ido ao lançamento do livro. Minha vida está complicada, ando assoberbadíssimo de compromissos profissionais. Isto é bom, mas nos deixa um pouco escravizados...
    Mais um grande abraço

    ResponderExcluir