quarta-feira, 14 de abril de 2010

                                 foto de João Noronha (Curitiba/Santa Catarina)
Curtinhas
(Neyde Noronha)

O dom da palavra

Palavra é dom
Castelo de areia
Que se constrói
Palavra não é solidão
É poeira, é vento e ação
Mutante, constrói castelos
Derruba muros, acalenta sonhos
Une e separa corações.
******************
Tudo ou Nada

O silêncio me apraz
A solidão me incapacita
A rejeição me desola
O desafio me excita.
******************
Melancolia

Uma árvore foi podada
Sem vida, tombou
No canpo fertil da Vida
O vazio fez guarida
A melancolia se alojou.
******************
Bandoleiro

Alguém inspirou-me
Paixão irresistivel
Fez-me acordar

Por um dia é preciso
Parar de sonhar
Tirar os planos das gavetas
E, de algum modo
Recomeçar...
******************


Um comentário:

  1. Confesso ainda não encontrei nenhum blog tão belo quanto este, para mim é o paraiso.
    Tudo é intenso e magnifico, nos acalma a alma e nos faz viajar nas mais belas e perfeitas composições.
    Meu Deus como te admiro minha querida, és para mim o exemplo, o meu exemplo.
    Beijos de quem te ama.
    Beijos desta fã imensurável.
    Rê Pinheiro

    (filhotinha) rs

    ResponderExcluir