quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Nem imagina como quero...
(Neyde Noronha)
Não sei se você pode entender
Algum tempo
Tentei
Um poema a cada dia
e o seu olhar
Quero
Desejo
Com coragem
Com vontade de acertar
Nem imagina como quero
Quero tanto que ouso pedir
De dizer, que estou aqui
Que desejo lhe falar
ou telefonar
Pressinto
Algo em você
Que me desperta
A vontade de conhecer
O poeta
Que sempre sonhei namorar
2/3/2006
********

Nenhum comentário:

Postar um comentário