sábado, 9 de agosto de 2014


 
Coração Partido II
 ( Neyde Noronha)
 
Tudo o que acontece
Tenho culpa...

Pintei os cabelos
Pulei a cerca
Deitei na grama
Saí do eixo...
Fiquei sem ti
Coração partido
Tão ferido
Já em pedaços...

Peço perdão
Se não me perdoar

Mais uma vez...
Fico sem ti
Seguindo a minha sina...

Por um deslize
Se quiseres
Posso riscar
O teu nome
Na areia
No mar
Na madrugada
Sem chorar


 Fevereiro, 2006

 

Um comentário:

  1. Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, deixe um comentário, e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir. Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. Abraço. António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir