quarta-feira, 31 de outubro de 2012


Me conduzo ao meu jeito
(Neyde Noronha)

Sou o que sou
Não sei quem tu és
Porque, não sei
Para quê

Saberei depois...

Ou me alegro ou me desfaço
Do que tu me inspiras.

Sei lá...

Me conduzo ao meu jeito
Pela maneira que sou
Pelo que sinto.

Sei lá...

Sei lá dos teus segredos
Sei lá das suas ânsias
Sei lá o que podes pensar

Só sei de uma coisa
Sou apenas alguém
Tão grande
ou tão pequena
Que passa em passos lentos

Em cima do teu pensar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário