sábado, 17 de setembro de 2011


PINTOR

( Neyde Noronha )
Pintor alma gêmea na busca, na inquietação 
No dia a dia, planos e projetos.
Pintor, pensador noturno que vagueia 
na noite em busca de inspiração 

A boêmia, sua atração... 

Pintor não tem nada para dizer 
Quando chegar a casa de cabeça baixa 

Não, não irá madrugar... 

Pintor deixa sua marca nos espaços coletivos, 
Na alma de toda gente
Sente mais do que ninguém
sabe o que é passado, o que é saudade,
felicidade e solidão.

Pintor/Esperança 

Um tom a mais lhe transporta a
uma pincelada de fantasia

Isto lhe faz sorrir... 

Viver sua vida, acampar na sua imaginação
Na imagem de alguém que ficou ou se foi
Viajar nos sonhos 
Buscar o futuro ou estacionar no presente.

Ai pintor de alma pura...

Não chore de saudade, não
Vá descansar 
Para sonhar acordado outra vez
-Amanhã -

Um comentário:

  1. Quem sonha de dia, como os pintores. Sonha coisas que jamais seria possível dormindo. Há que se ter a plenitude da consciência para sonhar realidades!
    Um abraço do seu fã e amigo

    ResponderExcluir