segunda-feira, 25 de julho de 2011

                                Pela última vez
                                                                    (Neyde Noronha)
 Sonhei que vi alguém
Me chamando, dizendo coisas
 Que nunca ouvi dizer
 Como há muito não sonhava 
 Pensei que este alguém 
 Calaria o meu choro 
 Que nada!
 Ainda acordada
 Sonhava! 
Tentei, pela segunda vez
 Ele nada dizia 
 Nada falava 

Acabava de matar o meu amor.
 Assustada
 Com a rejeição
 Jurei nunca mais nele pensar 
Tomou o rumo 
De sua misteriosa vivência
 Se foi Dizendo, obrigado 
Pela última vez

 *********

Nenhum comentário:

Postar um comentário