terça-feira, 29 de junho de 2010

Olhos tristes de menino

                                                                                  
Olhos tristes de menino
Neyde Noronha

Já não estou tão triste
Me desfiz daquele sonho
Um sonho apenas
Que tanto me fez sofrer.

Enquanto estavas longe de mim
Vivia imaginando
Que estaria nos teus braços
Em meus sonhos,
Em todos eles
Pensava e não podia resistir
Em te esperar a cada encontro
Em troca de um pequeno e doce afago

Com o passar do tempo
Tu te  afastou
Sabendo que a outras entregas, o que desejo

Sim
Não fosse o teu insistente poder de sedução
No primeiro beijo
Já, tão distante
Teria entendido o futuro que me esperava

Um simples beijo,
Dar-me-ia por contente
Seria um basta para mim
Mas o teu olhar,
Tua procura insistente
Acabou por me render

Sabendo que nunca te alcançaria!
Nos teus olhos tristes de  menino
Percebi, bem depois
Que  só querias  brincar de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário