sexta-feira, 7 de maio de 2010





Itacoatiara
(Neyde Noronha)

Sinto-me tão feliz
Onde o meu canto pode ser ouvido
Os meus versos sentidos
Gosto de estar aqui
De sentir o que é viver

Neste canteiro de flores
Que rego no verão
Em cada estação
Belo jardim florido
Que algum dia você habitou
Me faz recordar
O meu despertar e o seu.
Neste jardim de flores
Você nasceu

Neste jardim de flores
Cresceu
Se tornou homem
Neste paraíso tão lindo
Te dei nome
Singelas lembranças
Itacoatiara, paraíso
Que o tempo me ofereceu.

Sou feliz aqui, meu filho
Testa terra tão azul
Seu berço
Campo dos seus sonhos
Campo que me seduz.
Aqui nasceu a esperança
aqui nasceu a luz.

(Dedicada a meu filho
Gustavo de Noronha Dzelme)

*****

Imagem da Felicidade 
(Neyde Noronha)
Sorrisos na chegada
Tristeza na partida
Páscoa de 2002
Surpresas
Alegrias
Festa no coração
Alexandre, meu filho
Vai e vem...
Andarilho a trabalho
Desde cedo sente o mundo
Primeira despedida aos 13 anos
Mãe em depressão
Canadá em jornada de sete meses
A primeira...
Desde então, viagens e mais viagens
Seriedade ao encarar a vida
Aventura e trabalho
Caminham juntos com você.
Meu andarilho, viajante
segue o seu caminho determinado
Vai e vem
Seguro, com muito amor
Saudades de sua Mãe.

(Dedicada a meu filho
Alexandre de Noronha Dzelme)

*****
Dia das Mães (09/5/2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário