sábado, 13 de março de 2010


Um só momento
(Neyde Noronha)
Dá-me um só momento
Para pensarmos
Avaliarmos o tempo
O tempo que se foi

Senti quando te esperei
Não veio

Com evazivas
Dia após dias
Os seus correm, mais do que os meus
São horas intensas
Pensando em cores, vivo
O sentimento em letras,
Vêm de ti

Sinto o quanto foi lembrar
E tentar te esquecer
Um dia após o outro
Viverão sorrisos e alegrias
Quantas voltas e partidas
Partidas para o retorno

Não sei se é amor
Não sei se é apego
Não sei se é o costume de estar por perto
Só sei que adorar é coisa muito séria no coração
É este o meu modo de ser...

2 comentários:

  1. Mamy, descobri só hoje este paraiso...
    Lindo demais.
    Te adoro e te admiro muito...
    Beijos
    Filhotinha

    ResponderExcluir
  2. Mamy, meus parabéns por ser assim tão única em tudo e necessária para todos nós...
    Te admiro muito.
    Beijos
    Filhotinha

    ResponderExcluir