sexta-feira, 31 de outubro de 2008

SOLUÇO
Lágrimas de sangue
Chegam a rolar sobre a minha face
Um amor que nunca me mereceu
No vulto de uma ilusão
Que eu sempre quis

Nunca foi meu
Forte intuição
O frio da saudade
Ora se instala em mim
Cabendo apenas esta dor

Por te amar Sufoco o choro
Na falta dos seus abraços
De sua boca quente
Me pedindo mais
Um sonho foi desfeito

Sem esperança
Persisto
Persigo muito além
Ficou na saudades
Tudo o que vivi
(Neyde Noronha)1/11/2008








2 comentários:

  1. Mesmo na dor, quando o amado não corresponde, o bom é saber que se permitiu viver esse sentimento. Fica como ensaio, aprendendo e preparando o coração para o encontro do amor certo.
    Abração

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Jacinta querida amiga, na verdade é isso mesmo:"Fica como ensaio , aprendendo e perparando o coração para o encontro do amor certo", muitos beijos,

    ResponderExcluir