segunda-feira, 18 de agosto de 2008



Se não sei voar


(Neyde Noronha)


Sempre quis ter asas para voar...

Se as tenho, não sei por onde elas andam, juro...

Sou passarinha dos meus sonhos,

das minhas fantasias,

dos meus pesadelos,

sei mais o quê...


Sou alguém que sempre quis voar...

E muito além dos meus sonhos

sou aquela que deseja no limite, no absurdo

de ousar a cada momento

Sentir a corrente de um amor, não escravo

perdido e feiticeiro
 Que sempre me leva a um lugar comum.


*****

Nenhum comentário:

Postar um comentário