sábado, 28 de abril de 2007

POESIAS
























A Bailar
Me empolgo com o teu jeito
Venha desvendar os mistérios
Do meu coração
E o que se pode fazer
Para creditar em alguém.
A bailar, por aqui, por ali...

Totalmente esquecida do tempo
Da lida
Do dia que nasce
Totalmente nua
Totalmente tua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário